Indústria se mobiliza em torno da logística reversa

Encontro realizado na Fiep trouxe avanço nos debates sobre economia circular, simplificações fiscais e tributárias e incentivos econômicos

Empresários, industriais e profissionais das áreas de produção e meio ambiente se reuniram em novembro no 2º Seminário Paranaense de Logística Reversa, evento que trouxe um avanço importante no debate relacionado à reciclagem e ao gerenciamento de resíduos no Paraná.

Realizado pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), em parceria com o Instituto Paranaense de Reciclagem (InPAR), do qual o Sinditrigo é um dos sindicatos fundadores e com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Paraná (SEMA/PR), o encontro abordou temas como economia circular, simplificações fiscais e tributárias, propostas de incentivos econômicos, entre outros.

O objetivo central era discutir as diretrizes para o setor industrial, resultantes das políticas estaduais e nacionais de gerenciamento de resíduos sólidos. Para Rommel Barion, presidente do InPAR, a participação ativa dos sindicatos em um evento como esse é de extrema importância, dada a crescente preocupação da indústria com o meio ambiente. “Estar ao lado de nomes relevantes, debatendo os desafios e perspectivas para o setor industrial dentro de um panorama ambiental e da logística reversa é de suma importância para promover o desenvolvimento econômico sustentável no estado”, avalia.

Vinicio Bruni, Coordenador de Resíduos Sólidos da Secretaria de Meio Ambiente e Resíduos Hídricos do Paraná (SEMA / PR), Rommel Barion, presidente do Instituto Paranaense de Reciclagem (InPAR), e Mauricy Kawano, Gerente de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Sitema Fiep, no 2º Encontro Paranaense de Logística Reversa.